Plano de Automação de Testes

Topic created · 31 Posts · 6425 Visualizações
  • @bruwesley said in Plano de Automação de Testes:

    Olha até hoje eu não vi a automação dar lucro ela não substitui o trabalho manual porem ela cria uma nova gama de areas e você ganha tempo, trabalhei com um lider que ele queria que cada wait fosse sincronizado com a aplicação por que ele alegava que se a gente rodasse mil vezes e perdesse mil segundos isso seria uma perda de performance hoje eu vejo a automação como um complemento de abrangência e não diminuição de custo em contrapartida um profissional automatizador é muito mais caro que um testador manual.

    Automação não gera lucro. Nunca gerou (a não ser que tu venda isso como serviço, dai talvez tu tenha um lucro…heheheh)
    Mas ela ajuda a um time de desenvolvimento ter um retorno rápido a modificações ou implementações no processo de desenvolvimento (ou manutenção). Quanto menos tempo tu perde com um problema, mas tempo sobra para desenvolver/entregar algo. Isso se tu for ver é um tipo de ganho em termos financeiros.

    Sobre profissional automatizador , na minha humilde e agressiva opinião, é a maior besteira que já ouvi/li/conheci na minha vida. Saber desenvolver um teste automatizado é uma skill, não cargo.
    O “core” da profissão é auxilio a qualidade, e isso pode vir de várias maneiras.

  • @Thiago-Ferreira said in Plano de Automação de Testes:

    @Ramses-Saccol-de-Almeida: Em relação ao item 1, a questão de uma padronização de código seria mais no sentido de ter um padrão de projeto (como Page Objects, por exemplo).

    Em relação ao item 3, já temos um ambiente de testes que será utilizado. A questão agora é a escolha de uma ferramenta para definirmos dentro do projeto qual será a estrutura das pastas.

    O itens 7 e 8 permanece pro futuro, pois, isso dependerá bastante do comportamento da ferramenta escolhida.

    Item 1 até é bacana, mas é algo que se tu enfrentar algo novo, talvez não se ajuste ao projeto. O exemplo que tu deu é legal para ser encaixado como “boa prática”, mas eu não perderia muito tempo.
    Item 3 já está definido. O que falou se refere mais ao item 5. (o qual eu ainda discordo muito fortemente…heheh)

  • @Ramses-Saccol-de-Almeida Em relação ao primeiro item, em um primeiro momento não é bom nos preocuparmos fortemente com um padrão de projeto. Mas daqui pra um tempo é bom.

  • @Ramses-Saccol-de-Almeida eu trabalhei como consultor por uns 5 anos e em empresas muito grandes, Santander, Oi, Vivo, Cielo, Vale e outras que eu ja passei a consultoria vende a automação como um meio de economia de $$$ mas eu nunca vi nenhum cliente economizar dinheiro com isso.
    Eu vejo a automação como um complemento tipo eu ja fui em cliente onde um teste levava 3 dias para ser feito.

    • Preparar a Massa de dados.
    • Executar o teste
    • Analise dos dados
      Eu fiz uma automação que todo o processo era feito em 3 ~ 4 horas.
      Esse cliente contratava 3 pessoas para fazer os testes ele manteve os 3 analistas de testes porem o tempo deles foram usados para fazer outras atividades que não podiam ser feitas por causa do tempo que era empregado nessa atividade.
  • @Thiago-Ferreira Faça acontecer, depois faça acontecer da melhor maneira

  • @samuel.pereira Realmente é uma confiança maior mas como eu disse no outro post eu não vejo um ganho de $$$ diretamente entende.

    @Thiago-Ferreira “O feito é melhor que o perfeito” faça uma poc mostre um MVP depois você enfeita a carroça.

  • @bruwesley said in Plano de Automação de Testes:

    @Ramses-Saccol-de-Almeida eu trabalhei como consultor por uns 5 anos e em empresas muito grandes, Santander, Oi, Vivo, Cielo, Vale e outras que eu ja passei a consultoria vende a automação como um meio de economia de $$$ mas eu nunca vi nenhum cliente economizar dinheiro com isso.
    Eu vejo a automação como um complemento tipo eu ja fui em cliente onde um teste levava 3 dias para ser feito.

    • Preparar a Massa de dados.
    • Executar o teste
    • Analise dos dados
      Eu fiz uma automação que todo o processo era feito em 3 ~ 4 horas.
      Esse cliente contratava 3 pessoas para fazer os testes ele manteve os 3 analistas de testes porem o tempo deles foram usados para fazer outras atividades que não podiam ser feitas por causa do tempo que era empregado nessa atividade.

    OK, eu já trabalhei com os mesmos clientes, e dificilmente eles vão ter algum lucro. Isso é devido ao modo de como elas trabalham. Isso é uma outra discussão. Tem mais política de interesse nesse clientes do que em outras empresas.
    O exemplo que tu deu tem muito indício de ser isso. Mas, como falei, papo para outro tópico, pq é mais cultural do que funcional.
    Eu prego automação por saber que ele tem valor quando se é empregado. Note que eu não prego exclusivamente para testadores. Eu prego para equipe/time use o que ajudar a reduzir tempo. Se a tecnologia atacada não tem tanto suporte para algo assim, claro que “inventar a roda” gera um custo enorme.

    Eu participei de projetos que deram lucro com automação. Cada um com a sua experiencia e a comunidade para a gente compartilhar…
    ¯_(ツ)_/¯

  • Minha opinião sobre isso, hoje automação de testes não deveria ser apenas da pessoa que tem o papel de (Tester, QA, Analista de Testes), automação de testes deveria está no critério de aceitação para entregar algo, ser o time e não apenas de uma pessoa. como disse o @Ramses-Saccol-de-Almeida. Todos os projetos que automatizei em tivemos ganho muito grande na confiança em refatorar algo, ou desenvolver novas funcionalidades. Nunca cheguei a fazer um plano ou criar um framework para automatizar testes, se eu olhar o código que eu fazia a 4 anos atrás eu tenho até vergonha de dizer que é meu :). Não curto isso de fazer plano para automatizar testes, plano da a sensação que é uma receita de como fazer, mas na verdade todo projeto é um projeto então não tem como ter uma receita de como fazer algo. O que está colocando como passo 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 parece mais um cronograma de como sair do zero e ter algo automatizado, e quais passos você teria que fazer para ter alguma coisa automatizada.

  • Primeiro passo deveria entender o que leva mais tempo para testar e o que geraria mais valor se tivesse automatizado, feito isso, poderia escolher um framework para automatizar os testes, e fazer uma estimativa de tempo, com isso em mãos e colocar a mão na massa e com o passar o tempo vai ficando cada vez mais rápido automatizar os testes, visto que utilizando page objects fica mais fácil a reutilização do que já foi implementado.

  • @Rafael-Chiavegatto said in Plano de Automação de Testes:

    se eu olhar o código que eu fazia a 4 anos atrás eu tenho até vergonha de dizer que é meu

    Se tu não tem esse sentimento, tem algo de errado com o que tu faz…eheheheheh Um colega meu dizia, se tu não tem nojo do teu código de algum tempo atrás, tu está confortável com o que criou…E isso pode ser ruim…hehehe

  • kkkkkk faz sentido @Ramses-Saccol-de-Almeida .

  • @Ramses-Saccol-de-Almeida eu tenho nojo do código que eu faço depois de uma semana… 🙂

  • @samuel.pereira concordo contigo. Essa experiência aprendi em trabalhos anteriores, onde, primeiro analisava a tecnologia que estava sendo usada (Java, por exemplo) e via qual ferramenta se aplicaria melhor no tempo que tinha para execução dos testes e manutenção. Pra esse caso, já estou me adiantando nos estudos de Capybara (Cucumber + Selenium Webdriver) e montando alguns cenários simples, nada muito a nível de “padrões de projeto”, mas aos poucos, está acontecendo. 🙂

  • @Rafael-Chiavegatto A ideia é justamente essa: estimar tempo para poder justificarmos a complexidade do projeto. Por isso a ideia do plano de automação. Todos os testes executados estão sendo manuais (funcionais, exploratórios, entre outros). Teremos um ganho significativo quando automatizarmos os processos mais repetitivos e complexos do software.

  • Vi que esse assunto rende muito “pano pra manga” (hehehehe 😃 ). Pessoal, agradeço pela contribuição de todos nesse assunto. Vocês me ajudaram bastante nessa etapa. 👍

  • @Thiago-Ferreira cheguei meio tarde aqui hahaha mas ja passei pelo mesmo que voce, falei sobre “Como convenci meu chefe que deviamos automatizar testes” no TDC2014 e vc pode dar uma olhada nos slides aqui https://pt.slideshare.net/marcelo_rss/marcelo-soares-tdc2014

    Acho que voce esta no caminho certo, mostrar o valor que a automacao traria para a empresa como um todo (e realmente eles nao conseguem enxergar sem uma boa explicacao hahaha, foque na reducao do esforco ($$$)). Mas fique atento, pois por mais que tenha um plano ele deve ser flexivel, seja aberto a mudanças, fatalmente as coisas mudam no meio do caminho e se voce nao tiver preparado ou quiser insistir em seguir o plano que tinha pode acabar nao mostrando o valor da automacao na prática.

  • @marcelorss sua apresentação é fantástica! 👍 , inclusive, tomei a liberdade de repassar o link pra outros colegas que estão passando pela mesma situação que eu. Valeu mesmo 🙂

    Conforme havia falado, a questão do plano foi mais para termos argumento$$$ pra mostrar a diretoria o quanto de ganho a TI terá. Estou automatizando pequenos casos, pra aos poucos ir padronizando o código, e temos tido um ganho imenso em algumas validações.

  • @Thiago-Ferreira que bom que gostou! Espero que ajude voce e seus colegas, qualquer coisa que precisar eh so dar um toque!