Agile Testers TechTalks | Test War Stories - Andreia Gaita @ Tech Lead do GitHub. Saiba mais aqui

Selenium Webdriver x Capybara



  • Galera, gostaria de saber a diferença entre eles e em qual situação utiliza-los.

    Obs: Sempre trabalhei com WebDriver, Capybara eu não cheguei a ver…


  • MVP

    Reza a lenda que capybara funciona muito bem com aplicações ruby on rails…Mas né…Não é muito a minha praia…
    Sobre diferenças, acho que tem mais “under the hood”…

    Mas sobre capybara, dá uma olhada nesse carinha ae:

    Para saber mais sobre capybara, enche o saco do @thiagompereira . Ele até fez isso:

    https://github.com/thiagomarquessp/capybaraforall

    <jaba>@thiagompereira, segue a tua explicação ae…aeuhaeuuae</jaba>



  • @Ramses-Saccol-de-Almeida , obrigado , eu vi esse projeto que você menciono, achei legal porém Webdriver achei mais divertido hsahsah , qualquer hora vou tirar umas horas pra aprender Capybara :) , o que eu realmente quero aprender é python + Selenium (Atualmente trabalho com Java)… meus amigos sempre falam pra eu fugir de Ruby…


  • MVP

    Jogada não é fugir, é agregar… Só não pode ficar viciado…:+1:

    Sobre quando usar, olha … Depende muito do que tu precisa, tempo que tu tem e como tu precisa…

    Sobre o que tu quer aprender, acho válido, mas tem outras coisas mais divertidas para se ver… :+1:

    Mas incomoda o @thiagompereira ae… ( já foi marcado tanto aqui que vai pedir para me banir…aeuhaeuaehua)



  • @Ramses-Saccol-de-Almeida o que você me aconselha a aprender? estou aberto a sugestões, a vida é tão curta… :)

    @thiagompereira o que você acha disso? (Te marquei porque ele disse pra eu te incomoda hsahsh)



  • Fala, Soroca
    Eu acho interessante vc experimentar Capybara + Cucumber nem que seja pela experiência mesmo. Muitas empresas, principalmente start-ups, tem trabalhado com Cucumber, então a nível de mercado acho muito interessante ter esse conhecimento…

    Quanto a quando usar, queriamos usar o Capybara junto ao Cucumber para termos uma interação entre PO e QA, e construirmos uma cultura agile na empresa. Ainda estamos engatinhando nisso (estamos nos esforçando com Calabash para o mobile, que é “a bola da vez”, para depois irmos para web com Capybara).

    E quanto a linguagem, se vc quer aprender Python e a empresa flexibiliza na escolha da linguagem, vá para Python!


  • MVP

    @Maicon-William vamos por parte … Selenium Webdriver vc sempre vai usar, e no Capybara não é diferente, porque vc instancia o Selenium Webdriver da mesma forma =).

    Daí pra frente você tem que pensar em contextos:

    Eu automatizo hoje com Capybara + Cucumber, Capybara + RSPEC e ambos atendem bem assim como se vc for trabalhar com Java, C#, etc.

    Porque eu gosto de trabalhar com capybara? Porque é simples a sintaxe, e ruby tem uma característica de um código sem “frescuras”, o código praticamente “conversa” com você, você o lê e sabe exatamente o que ele ta fazendo.

    Eu tenho uma iniciativa chamada Capybara For All como o @Ramses-Saccol-de-Almeida mencionou, da uma passada lá pra ver qual é.

    Sobre fugir, não acho que isso seja saudável rsrsrs… Acho válido qualquer forma de aprendizado, e automação não é diferente, você conhece, aprende um pouco e tira suas conclusões.

    Teste é teste e você vai aplicar o conceito, a técnica em qualquer linguagem. Eu automatizo hoje com Ruby, mas recentemente aprendi a trabalhar com webdriver + C#, já automatizei coisas em Java, PHP e meu gosto é por ruby (mini::test, test::unit, capybara, rspec, httparty, airborne).

    Acho que é por ai… =)



  • @Thiago-Lipovscek disse em Selenium Webdriver x Capybara:

    Fala, Soroca
    Eu acho interessante vc experimentar Capybara + Cucumber nem que seja pela experiência mesmo. Muitas empresas, principalmente start-ups, tem trabalhado com Cucumber, então a nível de mercado acho muito interessante ter esse conhecimento…

    Quanto a quando usar, queriamos usar o Capybara junto ao Cucumber para termos uma interação entre PO e QA, e construirmos uma cultura agile na empresa. Ainda estamos engatinhando nisso (estamos nos esforçando com Calabash para o mobile, que é “a bola da vez”, para depois irmos para web com Capybara).

    E quanto a linguagem, se vc quer aprender Python e a empresa flexibiliza na escolha da linguagem, vá para Python!

    E aii @Thiago-Lipovscek blz? Obrigado, vou fazer realmente isso que você comentou , obrigado! :)



  • @thiagompereira disse em Selenium Webdriver x Capybara:

    Capybara + Cucumber

    E aii, vou começar a estudar Capybara + Cucumber , sobre “Fugir”, disse que meus amigos falaram , mas não que eu vá fazer :) , eu vi seus projetos e achei bem interessante, estou começando a estudar por eles, agradeço o apoio!



  • Eu particularmente acho a camada do capybara mais que o suficiente para automatizar tests…

    Capybara nada mais é um DSL (Domain Specific Language) do webdriver … ou seja… é uma camada por cima do webdriver …

    Sobre fugir de ruby… infelizmente não tem como…rsrs mesmo pq grande parte das vagas é para user Rspec ou Capybara, ambos sao feitos em ruby…

    Mas vc ganha pontos de maestria de vida usando Python + PyTest e Webdriver … ( mas siteprism com qualquer coisa, seja rspec ou minitest… é lindo d+…devo admitir)


  • ADM

    @Maicon-William em Python eu usei Behave + Splinter, atualmente to usando Ruby: Cucumber, Capybara e Siteprism.

    Tenho uma preferência pessoal por Python mas o Capybara é bem mais maduro em termos de features, tive que implementar muita coisa na mão usando Splinter, que no Capybara já está pronto.

    Aqui na Concrete criamos uma gem https://github.com/concretesolutions/magneton pra facilitar com a estrutura de testes usando o Capybara.

    Eu tenho um repo https://github.com/samycici/cucumber-capybara-site_prism com explicações também.

    :)



  • @Samanta-Cicilia se tivesse usado pytest nada disso tinha acontecido :)



  • @Leonardo-Galani @Samanta-Cicilia , muito obrigado pelas dicas, vou seguir o conselho de vocês…
    @Samanta-Cicilia vou dar uma olhada na sua estrutura e com ela iniciar meus estudos, obrigado.