A ilusão do “Tá tranquilo, Tá favorável!”