Calcular o ROI Em Automação De Testes: O Que Deve Ser Considerado?

Precisa haver um investimento em um framework que irá fazer com que a automação de testes seja segura, confiável e produtiva.

Com esse pensamento já vi monstros mais caros que um projeto efetivo… Muitas vezes não é preciso esse tipo de investimento. Quando o profissional consegue criar testes automatizado sustentáveis, a manutenção deles é bem mais barata do que um “framework” em si… Até por que de framework a internet está cheia…
Só acho válido algo do genero para sistema bem mais legados, onde a comunidade open source, muitas vezes, nunca fez algo para apoiar uma automação…

Ramses, você está certo. Talvez a frase ficar melhor da seguinte forma “Seria prudente avaliar a possibilidade de se usar um framework em um projeto de automação de testes”. Eu trabalhei por 10 anos com automação de testes para sistemas legados. Pesquisei ao longo destes anos diversos frameworks existentes e novos que foram surgindo. Aproveitamos muita coisa, mas tivemos que construir muitas funcionalidades dado que as ferramentas que tínhamos (Winrunner e Visual Studio Test Professional) não possuíam todos os requisitos que precisávamos. Um exemplo simples era fazer acesso a banco de dados de forma padronizada ou gerar de forma automática uma evidência de testes. Fizemos muito mais funcionaliades que aumentaram muito a produtividade e a qualidade da automação de testes, tornando-a mais segura, confiável e escalável.
Precisa avaliar o contexto em que se vai trabalhar automação de testes, buscar otimizar gradativamente os processos e avaliar o ROI periódicamente.

Log in to reply

Looks like your connection to Agile Testers was lost, please wait while we try to reconnect.